Mães e Pais Assistentes Sociais:Projeto Ético Político para seus filhos.

Especialização (Pós-Graduação Lato Sensu) Parâmetros e Protocolos do Trabalho do/a Assistente Social na Saúde
10 de outubro de 2018
Materiais Gratuitos: BANCA ACEP – Concurso Prefeitura de Aracati – CE
7 de novembro de 2018

Mães e Pais Assistentes Sociais:Projeto Ético Político para seus filhos.

Dia 12 de outubro é comemorado o Dia das crianças!
Nós da Pótere Social pensamos na criação de uma campanha para simbolizar esse dia, e que a campanha envolvessem os pais e mães Assistentes Sociais! Foi então que decidimos realizar a seguinte pergunta: Como o Projeto Ético Político do Serviço Social contribui no seu papel enquanto mãe/pai para a criação dos seus filhos?
A pergunta foi pensada pelo fato de compreendermos a importância dos valores críticos do nosso Projeto Ético Político do Serviço Social para a educação das crianças, que serão o futuro do país! Diante disto, mães e pais Assistentes Sociais que são professoras/os e amigas/os da Pótere Social  abraçaram a campanha e nos enviaram fotos, vídeos, textos respondendo a pergunta através das mensagens tão significativas, trouxeram a materialização do Projeto Ético Político do Serviço Social na criação de seus filhos!
Vale ressaltar a importância do Projeto Ético político em tempos sombrios, a materialização do Código de Ética da/o Assistente Social é fundamental para que Assistentes Sociais possam criar seus filhos à luz do projeto ético político do Serviço Social, reconhecendo a liberdade como valor ético central,  incentivando a autonomia, emancipação e plena expansão dos indivíduos sociais,  sempre em defesa intransigente dos direitos humanos e recusa do arbítrio e do autoritarismo. Sempre em favor da equidade e justiça social! 

Relacionar o nosso projeto profissional com a campanha do Dia das crianças é enaltecer a importância do Projeto ético político para além da profissão de Assistentes Sociais, é compreender que estamos construindo hoje um futuro de luta e pela construção de um novo projeto de sociedade. #SociedadeEmancipadoraParaCrianças #CriançasLivresdeFascismo 

Inciamos a campanha com o registro da Assistente Social e Professora Eveline Landim e o seu filho Gabriel! 

Texto: O Projeto Ético Político do Serviço Social contribui no direcionamento de que classe social defendemos e essa defesa vem sendo apresentada para meu filho de forma lúdica através da leitura.
Eveline Landim.

 

 

A Assistente Social e Professora Eveline Alves também participou da campanha enviando uma foto ao lado de suas duas filhas:  

Texto:

Princípios éticos do Serviço Social possibilitam em nós… Desconstruir esteriótipos e valores morais tradicionais, reconhecer a beleza das diferenças, construir espaços de diálogo e demonstrações livres de afetividade. Ter a certeza de que tudo pode ser transformado e que estamos juntas nesta caminhada, descobrindo o nosso SER!

Eveline Alves.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

.

.

.

 

A Assistente Social e Professora Hayeska Costa Barroso e sua filha Izabela participaram  da campanha enviando um vídeo e texto para nós! 

Texto: 

“Depois que gravei o vídeo com ela, parei um pouco mais para pensar na pergunta… Percebi que ser assistente social qualificou o exercício da maternidade que desempenho porque me colocou em sintonia com valores que extrapolam a profissão em si, mas que dizem respeito a um projeto societário, a uma perspectiva humanitária, a concepções de direitos e de sociedade. O projeto ético-politico, tão logo, e não por coincidência, é também um projeto de vida que só tem sentido se pensado coletivamente. E, enquanto tal, se materializa no meu cotidiano em todas as esferas e papéis sociais que exerço, como profissional que sou, mas também com a mãe que me construo dia a dia”
Hayeska Costa. 

 

A Assistente Social e professora Lara Abreu nos enviou o registro em foto com sua filha Luísa e um texto pra lá de emocionante ! 

Texto: 

Este ano comemoro o primeiro dia das crianças junto a minha filha Luísa, carinhosamente apelidada por Lulu. E ao longo desses seus 9 meses de vida já me peguei algumas vezes pensando sobre o seu futuro. É fato que toda mãe pensa o futuro de seus filhos: em que faculdade irão estudar? Que profissão irão seguir? Casarão? Terão filhos? Algumas mães projetam todo esse futuro, mesmo sabendo que seus filhos possuem vontade própria e eles mesmos desenharão seu próprio destino. No entanto, ao pensar sobre a Lulu no futuro, penso em que futuro Lulu viverá? Vivemos em “tempos difíceis para os sonhadores”, em que a esperança do tão sonhado “futuro melhor” esbarra na intolerância, no preconceito, na injustiça, no autoritarismo. Tempos em que os homens gritam por armas, em que a imitação de uma arma com a mão é símbolo de campanha eleitoral. Tempos em que não nos reconhecemos mais nos outros, em que nos perdemos do nosso próprio gênero humano. Desumano, são tempos demasiadamente desumanos. Mas, sou mãe, mulher e assistente social. Aprendi que minha profissão é sinônimo de LUTA. Aprendi que minha profissão luta pela construção de um novo projeto societário, no qual nossos filhos poderão vivenciar uma sociabilidade mais humana, em que os homens aprenderão a respeitar a diversidade, a dialogar as diferenças e que muros entre as nações já não mais serão construídos, porque seremos todos um e neste um seremos diversos.

Lara Abreu. 

 

A Assistente Social e Professora Ana Paula também nos enviou um bate papo com seu filho, Dante,  um dia antes das eleições no primeiro turno. Nos mostrando que ele mesmo ainda pequeno, já se mostra  contra o projeto conservador que se instaurou no Brasil. 

Texto: 

A defesa da democracia, a discussão dos direitos humanos e a identidade com uma outra ordem social é algo presente na formação do meu filho. Dessa forma apresento-lhe o mundo, o faço senti-se amado, no entanto respeitando a diversidade e compreendendo que todos devem ter os mesmos direitos.
Ana Paula. 

 

A Assistente Social e Professora Talita Lemos também foi uma das participantes da campanha e nos enviou esse vídeo conversando com seu Filho Thomás. Olha que lindos! 

Texto:

A liberdade é o melhor caminho pra garantir menos intolerância e mais respeito às diferenças. É assim que descubro com meu filho as estratégias para a construção de um mundo mais justo!
Talita, mãe do Tomás 6 anos.

 

A Assistente Social e Professora Joana Idayanne Moreira também participou da campanha nos enviando um vídeo respondendo como o Projeto Ético Político do Serviço Social contribui no papel dela enquanto mãe para a criação do seu filho!

 

 

 

E para finalizar, o Assistente Social e Professor Estênio Ericson Azevedo, casado com Emiliano Aquino e Pai de Diogo e Fabrício também participou da Campanha, respondendo a pergunta: Como o Projeto Ético Político do Serviço Social contribui no seu papel enquanto pai para a criação dos seus filhos?  

 

Diante de tantos registros de fotos, vídeos, afetos e autoafirmação do Projeto ético político do Serviço Social. Finalizamos essa Campanha com o coração pulsando de felicidade em saber que temos mães e pais Assistentes Sociais que materializam o projeto profissional na vida de seus filhos! E que o Projeto Ético Político de Serviço Social ultrapassa a dimensão profissional, contribuindo na formação de seus filhos, sempre em defesa de uma sociedade justa e igualitária, livre de todas as amarras do conservadorismo! 

Ahhh, lembrando que todos os registros da campanha serão postados nas redes sociais da Pótere Social (Facebook e Instagram). E nós queremos a participação de vocês também!! Assistentes Sociais de todo o Brasil, participem da Campanha respondendo: Como o Projeto Ético Político do Serviço Social contribui no seu papel enquanto mãe/pai para a criação dos seus filhos? 

Facebook: CLIQUE AQUI
Instagram: CLIQUE AQUI

#DiaDasCrianças 

#FilhasEfilhosDeAS

#ProjetoÉticoPolítico

#SSdeLuta

#PótereSocial

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *